FUNDAP

Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias

Uma das especialidades da Quimetal é analisar com critério os custos de suas importações e buscar soluções para reduzi-los, inclusive na parte tributária.

Uma das possibilidades que oferecemos é a importação com utilização do sistema de incentivos financeiros do Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias do Estado do Espírito Santo (FUNDAP).

A Quimetal é pioneira nesse tipo de negócio. Um dos sócios fundadores da Quimetal, Graciano Espíndula, foi o idealizador do FUNDAP, fundo que projetou o Espírito Santo no cenário nacional e internacional gerando desenvolvimento não só para a empresa, mas para todo o Estado. Esse espírito empreendedor faz parte do DNA da nossa empresa. Esse constante pensar em possibilidades que possam agregar valor aos produtos e trazer comodidade para nossos clientes é nossa especialidade. É um dos nossos maiores diferenciais.

Uma lógica simples e inteligente

O FUNDAP é um sistema de incentivos financeiros criado pelo governo do Espírito Santo para fomentar o crescimento econômico do estado através de estimulo as operações de Comércio Exterior realizadas pelas Empresas importadoras credenciadas com a obrigatoriedade de realizar investimentos no Estado do Espírito Santo.

Como funciona o FUNDAP

O FUNDAP se baseia em três pontos:

  • no diferimento do recolhimento do ICMS da entrada (importação) para a saída das mercadorias importadas;
  • na concessão de empréstimo;
  • Na obrigação de realizar investimentos em segmentos estratégicos predeterminado pelo estado. (Indústrias, Pesca, Turismo, etc.).

Praticamente todos os produtos podem ser importados pelo sistema FUNDAP, salvo alguns que fazem parte de uma lista de exceção por serem considerados de importância estratégica e por serem produzidos no estado. Segundo as regras atuais, o financiamento do ICMS só é concedido para as mercadorias desembaraçadas nos portos e aeroportos do Espírito Santo.

Como o cliente pode se beneficiar do FUNDAP

  • melhoria do fluxo de caixa das importações (prazo para pagamento do valor relativo ao ICMS destacado);
  • redução dos custos diretos baseados na engenharia fiscal;
  • custos portuários mais competitivos (portos do ES e negociações em escala);
  • redução ou eliminação do custo fixo da estrutura de importação dos clientes já que os serviços passam a ser executados pela Empresa Importadora.
Nosso site utiliza apenas cookies essenciais (necessários para o funcionamento do mesmo), e cookies de performance para o único e exclusivo fim de recordar suas informações de login em nossa plataforma (caso você assim escolha).
Nosso site utiliza apenas cookies essenciais (necessários para o funcionamento do mesmo), e cookies de performance para o único e exclusivo fim de recordar suas informações de login em nossa plataforma (caso você assim escolha).

Para informações adicionais acesse nossa Política de Privacidade.